O Som no Audiovisual

Horários:

05, 10, 12 e 17 de Setembro
Terças e Quintas
Das 19h as 21:30h

Investimento:

R$ 315,00 a vista

3x R$117,00 no cartão
2x R$ 175,00 no boleto

Através de uma imersão as especificidades do som que preenchem o nosso cotidiano, faremos uma análise das percepções auditivas no que se refere às tecnologias do audiovisual contemporâneo, bem como do processo criativo e prático do ofício do som em uma obra audiovisual.

EMENTA

– Introdução ao Som em Cinema
– Funções do Som na narrativa audiovisual
– Cronologia de Produção de Som para Filmes: Pré-Produção, Produção, Pós-Produção.
– As equipes de Som de um filme: Som Direto, Edição de Som e Mixagem
– Captação de Som Direto
– Workflow de pós-produção de som
– Processos de sincronização entre som e imagem
– Teoria de Edição de Som para Filmes: Diálogo, Música e Efeitos Sonoros
– Estudo dos efeitos sonoros de um filme: Ambiências, Hard Effects, Designing Sound Effects, Foley. – Conceito de Sound Design
– Processos de produção e utilização de música em Filmes
– Processos de Mixagem e Finalizacão de Som

OBJETIVOS GERAIS

Apresentar as características do som, bem como as ferramentas e processos para sua correta captação e pós-produção.

ORIENTAÇÃO: ALEXANDRE ROGOSKI

56835484_10157117141822071_3573573671156973568_n

Alexandre Rogoski é Bacharel em Produção Sonora pela UFPR e Especialista em Comunicação Audiovisual pela PUC-PR. Em 2002 fundou a Off-Beat Audiovisual, estúdio de gravação musical e produtora de áudio com ênfase em pós-produção de som para filmes. Atua profissionalmente desde 2004 em todas as áreas da produção de som de cinema: captação de som direto, edição de som e mixagem. Foi diretor de som de dezenas de longas-metragens, entre eles:” Ferrugem”, “Para a minha amada morta”, “Circular”, “A Gente”, “A Revolta”, “Morgue Story”, “Gol a Gol”, “Um Filme para Dirceu”, “Contraponto”, “Nervo Craniano Zero”, além de mais de sessenta curtas-metragens, entre eles: “Com as próprias mãos”, “A Fábrica”, “Pátio”, “Crispim em A Origem da Inspiração”, “Brasil”, “Ovos de Dinossauro na Sala de Estar”, “Tarântula”, “Tereza” e outros. Ganhou prêmios de melhor som nos festivais de Gramado (Ferrugem), Kinoarte de Londrina (Brasil), Curta Taquary (Tereza), Curta Santos (Tarântula) e Festival Cine Música (Para Minha Amada Morta)
Atuou por dois anos na TV Paulo Freire (SEED-PR) pelo Programa das Nações Unidas (ONU) para o Desenvolvimento (PNUD) como consultor de áudio e também ministrou aulas de treinamento em Pro Tools na Escola Superior Sul Americana de Cinema e TV – CINETVPR.